한국어 English 日本語 中文 Deutsch Español हिन्दी Tiếng Việt Русский LoginCadastre-se

Login

Bem-vindo(a)!

Obrigado por visitar a página web da Igreja de Deus Sociedade Missionária Mundial.

Você pode fazer login para acessar a área exclusiva para os membros da página web.
Login
Usuário
Senha

Esqueceu-se da Senha? / Cadastre-se

Verdades Fundamentais

“O que acontece com o homem quando morre?” “Realmente o homem tem uma alma?” “Para onde vai o homem quando morre?” Perguntas como estas têm causado grande interesse na história, mas ninguém foi capaz de respondê-las. Homens ansiosos para encontrar as respostas, escreveram muita filosofia, mas um simples filósofo não pode compreender como todos foram criados.

Cristo Ahnsahnghong veio a terra, estabeleceu a Igreja de Deus e nos ensinou que todos os homens são anjos que vieram a terra por ter pecado no céu. Ele nos fez saber o quão valiosos somos e nos revelou o verdadeiro propósito de nossas vidas.


A alma se revela na criação dos seres humanos

Gn. 2:7 『Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente.』

“Uma alma vivente” significa ‘um espírito vivente’. O pó não é a essência da vida. Deus não chamou ao próprio pó “uma alma vivente”. Somente depois que Deus soprou seu fôlego de vida no pó, o chamou de “uma alma vivente”. Portanto, a essência da vida não é a carne, e sim o fôlego de vida, o espírito que Deus soprou no pó. A carne de um homem é feita de pó, mas seu espírito foi criado por Deus, e veio de Deus.

Salomão escreveu, "O pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu". (Ec. 12:7)


Jesus nos ensinou sobre o espírito

O conceito de “espírito” se torna mais claro no Novo Testamento.

Mt. 10:28 『Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.』

Neste versículo, Jesus descreve o processo da criação de Gênesis 2, revelando a diferença entre a morte do corpo (o pó) e a morte do espírito.

Neste versículo, a palavra grega para alma é “pneuma”, que significa “espírito”.

Jo. 4:24 『Deus é espírito [pneuma] (...)』

2Co. 3:17 『Ora, o Senhor [Jesus] é o Espírito [pneuma]; (...)』

Hb. 1:14 『Não são todos eles espíritos [pneuma] ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?』

Deus é espírito e não pertence à carne. Jesus é espírito e também não pertence à carne. Assim, a morte do homem pode dividir-se em dois eventos: a morte da carne e a morte do espírito. O diabo ou outro homem podem matar nosso corpo, mas Deus é o único que pode destruir nosso espírito.

O apóstolo Paulo escreveu em uma carta à igreja de Corinto:

1Co. 2:11 『Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito, que nele está? Assim, também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus.』

Jesus nos ensinou que a verdadeira essência de nossa vida não é nossa carne, e sim nosso espírito.


Os pensamentos do apóstolo Paulo sobre o espírito

Vamos tentar compreender a forma de pensar dos apóstolos, porque seus pensamentos se formaram com os ensinamentos de Jesus. Os apóstolos entenderam que nossa carne é simplesmente a casa do nosso espírito.

2Co. 5:1 『Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus.』

Nosso espírito vive agora em uma casa terrestre temporária (nossa carne), mas logo viverá em uma casa eterna que Deus tem feito para nós.

2Co. 5:6-9 『Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto no corpo, estamos ausentes do Senhor; (...) Entretanto, estamos em plena confiança, preferindo deixar o corpo e habitar com o Senhor. É por isso que também nos esforçamos, quer presentes, quer ausentes, para lhe sermos agradáveis.』

Nesta carta, o apóstolo Paulo disse que o Senhor [Jesus] habita no mundo do espírito e que nós moramos no mundo da carne, e que por isso estamos ausentes do Senhor enquanto estamos em corpo. O apóstolo Paulo também revela que ele e o resto dos santos prefeririam estar ausentes do corpo e habitar com o Senhor.

Nos versículos anteriores, quem é o que mora em corpo e logo o deixa? É o espírito de Paulo, sua essência, é o que quer deixar o corpo. O corpo que o revestia não era a essência da sua vida, e sim seu espírito, que habita em seu corpo. Em outras palavras, o apóstolo Paulo não vivia para a vida temporária de sua morada terrestre (sua carne), e sim que desejava a vida na casa eterna. Deus lhe deu este eterno lugar somente depois que seu espírito deixou sua casa terrestre.

O apóstolo Paulo escreveu da maneira similar em uma carta aos santos de Filipos.

Fp. 1:21-24 『Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro (...) Ora, de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor. Mas, por vossa causa, é mais necessário permanecer na carne.』

As palavras de Paulo em 2 Coríntios 5:6 “Preferindo deixar o corpo”, e em Filipenses 1:21 “Tendo o desejo de partir”, tem o mesmo significado. “Deixar” ou “Partir” significa deixar o corpo. Que coisa habita no corpo ou deixa o corpo? O espírito de Paulo, sua verdadeira essência.

Paulo revelou que era necessário para os santos que ele ficasse em corpo. Se Paulo tivesse deixado o corpo (se tivesse morrido), teria ido a Cristo; por isso era bom para ele deixar o corpo. Mas se ficasse em corpo, era melhor para os santos, pois assim podia ensinar-lhes a verdade de Deus e guiá-los pelo caminho reto.

Em outra carta a igreja de Corinto, Paulo pronunciou uma revelação que Deus lhe havia mostrado.

2Co. 12:1-3 『Se é necessário que me glorie, ainda que não convém, passarei às visões e revelações do Senhor. Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) e sei que o tal homem (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe)』

Quando o apóstolo Paulo teve esta revelação, disse duas vezes: “se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe”.

De acordo com este versículo, o apóstolo Paulo pensava que o espírito existia separadamente do corpo, ou que o espírito não existia?

Se o apóstolo Paulo tivesse acreditado que o espírito não existia, como poderia ter dito: “se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe”? Quando Paulo teve esta revelação – na qual descrevia a si mesmo como um homem que ele conhecia, falando em terceira pessoa –, não sabia se seu espírito havia viajado fora do corpo, ou se havia ido a esse paraíso em carne.


Os pensamentos do apóstolo Pedro sobre o espírito

Pedro sempre recordava o que Jesus lhe havia dito antes de sua ascensão.

Jo. 21:18-19 『Em verdade, em verdade te digo que, quando eras mais moço, tu te cingias a ti mesmo e andavas por onde querias; quando, porém, fores velho, estenderás as mãos, e outro te cingirá e te levará para onde não queres. Disse isto para significar com que gênero de morte Pedro havia de glorificar a Deus. Depois de assim falar, acrescentou-lhe: Segue-me.』

Quando a vida de Pedro no evangelho, ia chegar a seu fim, se preocupava pelos santos, recordando o que Jesus lhe havia dito.

2Pe. 1:13-15 『Também considero justo, enquanto estou neste tabernáculo, despertar-vos com essas lembranças, certo de que estou prestes a deixar o meu tabernáculo, como efetivamente nosso Senhor Jesus Cristo me revelou. Mas, de minha parte, esforçar-me-ei, diligentemente, por fazer que, a todo tempo, mesmo depois da minha partida, conserveis lembrança de tudo.』

Pedro descreveu sua morte como “abandonar” o corpo, e como sua “partida”. Está claro que ele que abandonou seu corpo é o espírito de Pedro. Enquanto seu espírito estava na carne, o corpo se converteu em sua morada; e depois da partida de seu espírito, o corpo voltou a terra.

Estudamos os ensinamentos dos apóstolos para conhecer os ensinamentos que aprenderam de Jesus. Entre as explicações dos apóstolos com respeito ao espírito, podemos entender claramente que Jesus Cristo havia ensinado e revelado que o espírito existe dentro do homem.


Minha verdadeira vida

Com frequência nos perguntamos “quem sou eu?” Alguns dizem que “o homem come para viver”, e outros sustentam que “o homem vive para comer”. Nenhuma destas opiniões é correta.

Nossa essência não é nosso corpo, mas sim o espírito que está dentro dele. Nosso espírito vive na casa que chamamos “corpo”. Quando saímos para acampar, permanecemos na barraca por alguns dias, não é? O tempo que passamos na barraca é curto. Do mesmo modo, a vida no corpo (nossa barraca ou casa) é somente temporária.

Se vivermos para o corpo físico, estamos vivendo para nossa casa. A vida deve ser vivida para si mesmo, e não para as casas em que moramos.

Na vida de nossa fé, às vezes nos centramos mais na vida física que na vida espiritual. É certo que estamos no corpo e não podemos negar a vida física, devemos levar uma vida piedosa, já que vivemos em uma morada temporária que desaparecerá logo.

Vivemos nesta casa por causa dos nossos pecados; mas já que temos recebido o perdão de pecados pela graça de Cristo, o Cordeiro pascal, nossas casas eternas esperam por nós. Enquanto vivemos nesta terra concentremo-nos no que devemos pensar.

2Co. 4:18 『não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.』