한국어 English 日本語 中文 Deutsch Español हिन्दी Tiếng Việt Русский LoginCadastre-se

Login

Bem-vindo(a)!

Obrigado por visitar a página web da Igreja de Deus Sociedade Missionária Mundial.

Você pode fazer login para acessar a área exclusiva para os membros da página web.
Login
Usuário
Senha

Esqueceu-se da Senha? / Cadastre-se

É proibido copiar e distribuir os sermões em texto. Por favor, guarde o que compreendeu através dos sermões no seu coração e espalhe-o pela fragrância de Sião.

A vida de um cristão


Para os cristãos que caminham na vida de fé com a esperança no reino dos céus, é importante conhecer a palavra de Deus. Mas o mais importante é pôr em prática a palavra. As pessoas deste mundo têm uma expectativa positiva de que os cristãos, que
creem em Deus, são diferentes dos outros. Por isso, quando veem um cristão fazer algo de mal, decepcionam-se com os cristãos e chegam a desconfiar do próprio cristianismo, e lhe viram o rosto dizendo: “Os cristãos não são diferentes”.

Se somos verdadeiros cristãos, devemos ser cuidadosos com o que dizemos ou fazemos. Até uma simples palavra ou conduta pode conduzir as pessoas que estão ao nosso redor ao reino dos céus ou à destruição. Considerando isto, como filhos celestiais chamados por Deus, devemos seguir o caminho que Deus nos ensinou dando bons exemplos, para que as pessoas ao nosso redor possam crer em Deus através das nossas boas obras.

A importância das boas obras dignas dos cristãos


Esta é uma anedota sobre o nacionalista Gandhi, que comandava a luta para obter a independência da Índia do controle britânico. Em sua juventude, ele queria ser cristão. Nesse período, ele passou a viver num pensionato de uma família cristã. Infelizmente, o
casal da família cristã brigava de novo, embora não tendo passado nem três dias desde a sua última briga. Decepcionado com essas pessoas que diziam crer em Jesus, mas sempre brigavam e semeavam discórdias, o que é diferente dos ensinamentos de Jesus: “Ameis uns aos outros, e estejais em paz”, Gandhi prometeu a si mesmo que nunca seria cristão, mesmo que cresse em Jesus no futuro.

Aqui há uma história similar. Havia um fiel cristão, que era capitão de um navio de guerra norte-americano. Um dia ele encontrou um jovem soldado que vivia uma vida dissoluta por não crer em Deus desde o seu nascimento. O capitão, que sempre recomendava a todos que lessem a Bíblia, ordenou ao seu assistente que desse uma Bíblia àquele soldado. Então, o assistente respondeu ao capitão:

“Capitão, não precisa fazer isso. Esse soldado está sempre perto da Bíblia. Por isso, não precisa dar-lhe uma.”

Desconfiado ele perguntou porquê. O assistente respondeu-lhe: “Você é uma Bíblia para ele. Ele aprende os ensinamentos de Deus através de você, observando cada ação sua. Se você continuar a levar uma vida correta e bem-sucedida, ele certamente chegará a ser cristão algum dia. Caso contrário, nunca o será.”

Ao escutar isto, o capitão não pôde dormir naquela noite, compreendendo que uma só ação sua exercia grande influência sobre os que o rodeavam.

Através dessas histórias, nós, cristãos e elohistas que cremos em Deus Elohim, podemos entender o quanto nossa conduta afeta as pessoas que nos rodeiam. Assim como nas histórias anteriores, muitas pessoas ao nosso redor – esposo, esposa, pais, amigos, famílias, vizinhos etc. – podem estar observando o nosso comportamento. Portanto, devemos agir santa e piedosamente como verdadeiros cristãos, e cumprir nossa função como Bíblias viventes.

Os exemplos de Cristo e dos apóstolos que devemos seguir


Na nossa fé, o melhor exemplo para nós é Cristo. Devemos seguir os seus caminhos, tomando Cristo como o melhor exemplo para a nossa fé e nossa vida.

Jo. 13:15 『Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.』

Deus mesmo veio a este mundo vestindo-se de carne como nós, e nos mostrou o caminho que a humanidade deve seguir. Então, não devemos dar desculpas para as fraquezas do nosso corpo e sim corrigir as nossas falhas nos aspectos em que somos imperfeitos, seguindo a vida de Cristo.

As pessoas podem difamar-nos por causa da sua falta de conhecimento da verdade e dos ensinamentos de Deus, mas nós não devemos ser difamados por causa das ações da nossa desobediência à vontade de Deus. Devemos ser exemplo para os que não creem em Deus, seguindo o caminho do Pai e da Mãe celestiais e deixando traços de uma fé correta. Quando nos lembramos da história da igreja primitiva, vemos que os apóstolos e os profetas daquele tempo nos deixaram exemplos importantes em vários aspectos.

1Co. 4:6 『Estas coisas, irmãos, apliquei-as figuradamente a mim mesmo e a Apolo, por vossa causa, para que por nosso exemplo aprendais isto: não ultrapasseis o que está escrito; a fim de que ninguém se ensoberbeça a favor de um em detrimento de outro.』

Quando havia divisão na igreja, o apóstolo Paulo mostrava um exemplo de fé dizendo aos seus membros que dessem glória e honra ao único Deus, e que se humilhassem, recordando-lhes que quem guia todo o ministério do evangelho é somente Deus. Assim como os apóstolos fizeram, nós também devemos dar toda glória a Deus, quem nos dá a salvação, e guiar muitas almas que estão ao nosso redor à salvação, mediante as nossas boas e lindas atitudes que se parecem com as de Deus.

Fp. 3:17-19 『Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas.』

A questão de escolher qual modelo e exemplo a seguir tanto na nossa fé como na nossa vida é muito importante para nós. Não devemos ir atrás dos que caem em destruição, pensando apenas nas coisas terrenas e procurando a glória terrena, e sim seguir os exemplos dos apóstolos como Paulo, que ansiaram a glória celestial e correram no caminho do evangelho diligentemente.

Sejamos cristãos que dão bons exemplos


Nós que cremos no Pai e na Mãe celestiais, não devemos exercer uma influência sem graça sobre as pessoas que querem crer em Deus, dando-lhes maus exemplos na nossa vida de fé. Nós, a família de Sião, sendo o modelo e exemplo reto e verdadeiro da fé, devemos cumprir a função do sal e da luz do mundo e guiar a Deus as pessoas que estão vagando nas trevas.

Tt. 2:7-8 『Torna-te, pessoalmente, padrão de boas obras. No ensino, mostra integridade, reverência, linguagem sadia e irrepreensível, para que o adversário seja envergonhado, não tendo indignidade nenhuma que dizer a nosso respeito.』

As pessoas do mundo pensarão que todas as nossas condutas provêm dos ensinamentos de Deus Elohim, porque temos recebido Deus Elohim e estamos seguindo-o. É por isso que nenhuma ação nossa deve estar contra os ensinamentos de Deus, e sim devemos ser piedosos, bondosos, íntegros e irrepreensíveis como cristãos. Através de nossas boas obras de acordo com os ensinamentos de Deus, devemos evitar a difamação pelos falsos profetas e pelos nossos inimigos que se nos opõem. Além disso, indo mais adiante, devemos fazer com que eles fiquem envergonhados pelas suas obras.

Já que muitos irmãos e irmãs estão se esforçando para viver piedosamente, gravando em seus corações os ensinamentos e as palavras do Pai e da Mãe, os falsos profetas reconhecem que nossas obras são boas e corretas, mesmo que nossa doutrina seja diferente da deles. O mesmo acontecia no tempo da igreja primitiva há 2.000 anos. Deus mesmo deu exemplos de boas obras primeiro, depois os apóstolos seguiram seus exemplos, e os santos que foram ensinados pelos apóstolos glorificaram a Deus mediante
suas boas obras. Assim, a Igreja de Deus foi reconhecida e recebeu louvores de muitas pessoas, e cresceu rapidamente apesar de muitos obstáculos e impedimentos daquele tempo.

Prestem atenção às santas palavras


A Bíblia nos ensina que não importa com quanta ansiedade creiamos em Deus, nem quanto apaixonada seja nossa fé, porque se as nossas obras não são boas, nunca seremos salvos.

Mt. 5:20 『Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus.』

Se os que dizem crer em Deus não vivem santa e piedosamente, poderão entrar no reino dos céus? Se não levarmos uma vida de fé correta, seremos iguais aos falsos profetas, hipócritas que não podem entrar no reino dos céus e nem deixam entrar os que tentam.

Não importa o quão pequeno seja o ensinamento, pois se vem de Deus, não devemos descuidar, e sim obedecê-lo. Então seremos o sal e a luz do mundo e poderemos guiar o mundo inteiro a Deus.

1Tm. 6:3-5 『Se alguém ensina outra doutrina e não concorda com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com o ensino segundo a piedade, é enfatuado, nada entende, mas tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamações, suspeitas malignas, altercações sem fim, por homens cuja mente é pervertida e privados da verdade, supondo que a piedade é fonte de lucro.』

Se não prestarmos atenção às palavras de Deus para colocá-las em prática, nossa fé não crescerá e poderemos cair finalmente no caminho da maldade. Pelo contrário, se lutarmos para seguir as palavras de Deus até mesmo nas coisas pequenas, nossa fé amadurecerá gradualmente e poderemos participar da natureza divina que nos guia à salvação. Ao passo que buscamos a Deus, se decidimos crer em Deus, todos os ensinamentos de Deus devem preceder outras coisas enquanto vivemos nesta terra. Então, o mundo inteiro reconhecerá que somos filhos de Deus, e se ajoelhará aos pés de Deus Elohim, dando-lhe glória.

Até que recebamos a honra e o louvor do mundo, nós, como elohistas, devemos esforçar-nos sempre para converter nossas pequenas obras no sal e na luz da nossa sociedade.

Espero que todos nos tornemos filhos de Deus que guiem muitos à justiça e resplandeçam eternamente como as estrelas do céu, dando bons exemplos como cristãos, e cumprindo a função do sal e da luz do mundo pelo resto da nossa vida de fé.