한국어 English 日本語 中文 Deutsch Español हिन्दी Tiếng Việt Русский LoginCadastre-se

Login

Bem-vindo(a)!

Obrigado por visitar a página web da Igreja de Deus Sociedade Missionária Mundial.

Você pode fazer login para acessar a área exclusiva para os membros da página web.
Login
Usuário
Senha

Esqueceu-se da Senha? / Cadastre-se

O ASEZ Realiza a Campanha de Promoção para o “Dia dos Direitos Humanos”

  • Nação | Na Coreia
  • Data | Dezembro 06, 2018
ⓒ 2018 WATV
O dia 10 de dezembro é o “Dia dos Direitos Humanos” estabelecido pelas Nações Unidas. A data foi escolhida pela 5ª assembleia geral das Nações Unidas para comemorar a adoção da Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948. E os países membros das Nações Unidas celebram este dia nos seus governos para melhorar os direitos humanos.

O ASEZ, o voluntariado universitários da Igreja de Deus Sociedade Missionária Mundial, realizou a Campanha de Promoção para o “Dia dos Direitos Humanos” nos dias 6-13 de dezembro, em comemoração do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, nas 146 universidades em 14 países incluindo Coreia, EUA, Rep. da África do Sul, Ucrânia. Foi para ampliar a conscientização dos direitos humanos, para que todos pudessem ter garantidos direitos humanos básicos, como dignidade, liberdade e igualdade, e para praticar o amor pela humanidade, o qual Cristo deu o exemplo.

Os membros do ASEZ estabeleceram postos e painéis promocionais em seus campi e explicaram aos estudantes, professores e funcionários universitários e aos cidadãos comuns sobre os pontos principais da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o conceito e a importância dos direitos humanos. Também explicaram detalhadamente sobre os princípios gerais, direitos civis e políticos, direitos econômicos, sociais e culturais dos direitos humanos e os deveres que devemos cumprir para desfrutar de todos esses direitos. A universitária Lee Ji-eun (da Universidade de Dong-A, Coreia) ouviu uma apresentação através dos painéis e disse: “Foi um tempo significativo em que pude aprender que os direitos humanos que desfrutamos hoje foram obtidos depois de tanto esforço”.

ⓒ 2018 WATV
E as universidades mostraram reação positiva. O vice-reitor da Universidade Pedagógica Nacional da Ucrânia, Grygoriy Torbin, agradeceu ao ASEZ que realizou a campanha em campus e apoiou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, dizendo: “Me esforçarei mais para garantir os direitos humanos dos estudantes, professores e funcionários universitários”. “Muitas pessoas ainda sofrem com violações dos direitos humanos. Se os universitários se esforçarem para a conscientização dos direitos humanos em cada região, poderão trazer uma boa mudança ao mundo inteiro”, disse a professora Rachel Lynn Stotts (do Centro Internacional de Idiomas da Universidade de Gacheon, Coreia), elogiando o ASEZ.

Os esforços do ASEZ para promover os direitos humanos não se limitam à realização de campanhas. Eles têm realizado diversas atividades, como seminários, fóruns e serviços voluntários, para implementar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pelas Nações Unidas com o slogan: “ninguém seja deixado para trás”. No dia 16 de novembro, mais de 100 membros do ASEZ participaram do evento do “Dia Internacional para a Tolerância”, realizado na sede das Nações Unidas, e urgiram a criar o mundo sem discriminação nos direitos humanos, bem-estar e meio ambiente. Recentemente, o ASEZ lançou um projeto global “Reduzamos o Crime Juntos” com o fim de prevenir o crime para a segurança e a felicidade das famílias da aldeia global. Como parte de seus esforços, realiza limpezas ambientais através do projeto “Rua da Mãe” fazendo as ruas limpas e brilhantes com o fim de diminuir a taxa de crimes e campanhas de ordem pública, e firma parcerias globais para estabelecer sistemas de prevenção ao crime.

Já se passaram setenta anos desde que a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada. No entanto, a sociedade global ainda sofre com a discriminação, conflitos e disputas. O ASEZ continuará trabalhando para a proteção dos direitos humanos e o bem-estar em 2019 com o amor de Mãe.


Declaração Universal dos Direitos Humanos
A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada pela 3ª Assembleia Geral das Nações Unidas em Paris, França no dia 10 de dezembro de 1948. Como os direitos humanos foram severamente infringidos durante a Segunda Guerra Mundial, o consenso na comunidade mundial era que eles precisavam proteger os direitos humanos. Depois de 187 reuniões oficiais e cerca de 1.400 discussões, os países membros concordaram com o documento.
A declaração consiste em 30 artigos. Traduzido em mais de 250 idiomas, tem servido como padrão de tratados internacionais. E possui uma grande influência no estabelecimento de organizações e leis relacionadas aos direitos humanos.

Vídeo de Apresentação da Igreja
CLOSE