한국어 English 日本語 中文 Deutsch Español हिन्दी Tiếng Việt Русский LoginCadastre-se

Login

Bem-vindo(a)!

Obrigado por visitar a página web da Igreja de Deus Sociedade Missionária Mundial.

Você pode fazer login para acessar a área exclusiva para os membros da página web.
Login
Usuário
Senha

Esqueceu-se da Senha? / Cadastre-se

Internacional

Dos Confins do Oriente aos Confins do Ocidente, dos Confins do Ocidente até aos Confins da Terra

  • Nação | Portugal
  • Data | Março 05, 2012
Já estamos no ano 2012. Este fevereiro marca exatamente 5 anos desde que vim para Portugal. Eu costumava pensar que pregar no estrangeiro era uma tarefa designada a outros membros porque eu não era hábil com idiomas estrangeiros. Mas, contrariamente às minhas expetativas, Deus confiou-me a missão de pregar o evangelho em Portugal, que era pouco familiar para mim. Por isso agradeço a Deus sinceramente.

Agora estou em Lisboa, a capital de Portugal. Antes de chegar aqui pensava que devia adaptar-me rapidamente à cultura europeia que é muito diferente da coreana: comida diferente, estilo de vida diferente, etc. Contudo, quando cheguei aqui, senti-me como se tivesse vindo a uma outra cidade da Coreia e não a um país estrangeiro. Os portugueses são muito amáveis e afetuosos como os coreanos, e também há quatro estações distintas em Portugal como na Coreia, por isso, não tive muita dificuldade em adaptar-me ao meu novo ambiente. Confiando tudo nas mãos de Deus, comecei a minha viagem de evangelho no estrangeiro com um coração renovado e confortável.


Desde os confins do oriente até aos confins do ocidente

ⓒ 2012 WATV
O evangelho começou a ser pregado em Portugal por alguns membros da região de membros jovens da Coreia que vieram numa missão de longo prazo um ano antes de mim. Quando cheguei aqui em Portugal, eles estavam a pregar fervorosamente o evangelho usando o seu Português insuficiente e até mesmo desenhando diagramas em papel. Naquele momento, não havia vídeos acerca da verdade, nem materiais de pregação em Português. Eu fiquei muito emocionado ao ver os seus esforços para pregar a palavra de Deus às pessoas de todas as formas possíveis. Mas não foi fácil produzir um bom fruto.

Portugal não tem religião oficial, mas não é exagero dizer que o catolicismo é a religião oficial de Portugal. A Igreja Católica está profundamente enraizada em todas as partes da Europa desde há muito tempo, por isso o catolicismo é uma religião natural também para os portugueses e também pode ser considerado por eles como sua própria forma de vida.
As doutrinas da Igreja Católica enraizaram-se profundamente nas suas mentes. Por isso, quando lhes pregávamos a verdade, ninguém a compreendia. Uma das suas doutrinas é o conceito de que a Bíblia foi escrita por homens. Não importava quanto nos esforçávamos por lhes pregar a verdade através da Bíblia; eles negavam a Bíblia em si, e isso nos frustrava. Os jovens estavam absolutamente desinteressados sobre religião. A maioria das pessoas dizia ser católica, mas muitos deles não iam à igreja. Pelo contrário, tinham sentimentos negativos sobre o catolicismo. Ainda que alguns vinham a Sião, ficavam nervosos quando notavam que todos eramos asiáticos, desconhecidos para eles.

Continuamos a atravessar momentos difíceis. Vendo juntos um vídeo da igreja, que mostra o sacrifício do Pai e da Mãe, animávamo-nos uns aos outros, dizendo: “Suportemos um pouco mais, sejamos pacientes um pouco mais”. Desta forma, nos esforçávamos por continuar a pregar o evangelho.

Portugal está situado no extremo ocidental da Europa. É um país localizado na Europa Ocidental, e para além disso está localizado nos confins da terra no ocidente. Este facto, fez os nossos corações bater mais rapidamente. Já que foi profetizado que o evangelho da Nova Aliança seria pregado desde o oriente até aos confins do ocidente, nós chegamos a ter a esperança de que Portugal seria o último destino para cumprir o evangelho da Nova Aliança. Acreditando que Deus o cumpriria no tempo determinado, nós pregamos vigorosamente a nossa Mãe celestial, que é a chave do evangelho nesta época.

Então as pessoas começaram a mudar de atitude. Todos estavam surpresos por ouvir a verdade da Mãe celestial, dizendo que nunca tinham ouvido isto, e escutavam-nos atentamente. E em 2010, a Mãe nos concedeu um grande presente em Portugal.


O presente da Mãe, preparado antes da criação do mundo

ⓒ 2012 WATV
Em janeiro de 2010, uma equipa missionária de curto prazo veio da Coreia. A atmosfera de Sião tornou-se muito eufórica porque a equipa missionária de cruto prazo havia chegado, e pregamos o evangelho alegremente, juntamente com eles.

Ao terminar o tempo da equipa missionária de curto prazo, os membros encontraram um senhor chamado Valdemar. O dia em que se esperava que ele viesse a Sião, era o dia de partida de regresso da equipa missionária. Nesse dia, despedimo-nos deles no aeroporto e regressamos a Sião. Surpreendentemente, quando regressamos, ele já havia chegado a Sião. Depois de estudar as palavras da Bíblia, renasceu imediatamente como filho de Deus. Desde esse dia, vinha a Sião para estudar a palavra de Deus todas as noites e também assistia aos cultos regularmente.

Num dia chuvoso de inverno quando se supunha que ele viria a Sião para estudar a Bíblia, fomos à estação de metrô com um guarda-chuva e esperávamos por ele; estávamos preocupados com ele porque chovia muito. Passou bastante tempo, mas ele não apareceu. Esperamos um pouco mais, e recebemos um telefonema dizendo que ele já havia chegado a Sião. Ele, tinha caminhado até Sião em plena chuva e frio durante quarenta minutos porque não tinha passe de autocarro.

Tão somente o facto de que ele viera a Sião continuamente era já uma grande ajuda para o evangelho. Já que um português estava em Sião, os que estavam sem confiança em nós, os estrangeiros, abriram facilmente as suas mentes, e houve um aumento do número de pessoas que tentavam vir a Sião até mesmo só mais uma vez para estudar a palavra de Deus. Este foi um ponto de partida para edificar um ninho para muitas almas em Portugal.

Em agosto, outra equipa missionária de curto prazo veio. Desta vez, uma irmã foi guiada a Sião. Ela agora se tornou numa grande obreira para a região de jovens. Ela entendeu a verdade muito bem; mais uma vez fiquei surpreso pelo facto de que havia uma jovem como ela em Portugal, que ansiava pela palavra de Deus tão ansiosamente. Ela guiou a sua irmã mais velha e um dos seus amigos a Sião, e os seus frutos também cresceram como obreiros do evangelho muito rapidamente.

Naquele momento, faltavam-nos mãos de ajuda porque a maioria dos membros coreanos haviam regressado à Coreia. Por isso, não podíamos ensinar detalhadamente a palavra de Deus aos membros jovens, nem cuidá-los muito bem. Apesar disso, eles recebiam em seu coração cada palavra que aprendiam. Pude sentir que o Pai e a Mãe mesmos estavam a criar seus filhos.

Tudo isto sucedia de acordo com o que a Bíblia disse com respeito a que Deus escolheu o seu povo antes da criação do mundo: os filhos escolhidos de Deus vieram a Deus no tempo devido como se estivessem estado à espera, enquanto outras pessoas não recebiam a verdade sem importar quanto nos esforçávamos por lhes explicar logicamente a palavra de Deus.


O fogo do Espírito Santo, acendido pelo amor da Mãe

2011 foi o ano em que se abriu amplamente o caminho do evangelho em Portugal. O irmão Valdemar visitou a Coreia em novembro de 2010. Foi a primeira vez que um membro português visitou a Coreia, e em junho passado quatro membros jovens visitaram a Coreia.

Visitar a Coreia é muito importante para os irmãos e irmãs do estrangeiro. Mesmo que tentemos pregar-lhes o amor da Mãe, não podemos transmiti-lo completamente. Pois temos emoções diferentes e falamos idiomas diferentes, foi difícil pregar-lhes o amor da Mãe, a estes membros com quem não podíamos comunicar bem. Estávamos preocupados que pudessem cair a qualquer momento, a não ser que o amor de Deus fosse gravado em seus corações, ainda que a sua fé parecesse firme. Porém, os que visitavam a Coreia e recebiam o amor da Mãe diretamente eram completamente diferentes. Agora o simples escutar a palavra “Mãe” traz lágrimas aos seus olhos. Antes não mostravam nenhuma resposta especial quando viam um vídeo acerca do sacrifício do Pai e da Mãe. Creio que as suas lágrimas são um sinal que gravaram em seu coração o amor que receberam da Mãe.

ⓒ 2012 WATV
Os que compreenderam o amor da Mãe têm fé absolutamente na Mãe. Já que querem mostrar que tipo de amor receberam da Mãe, pregam o evangelho com mais ansiedade. Um membro da região de jovens que uma vez visitou a Coreia, prega a palavra continuamente no caminho a Sião e no caminho a casa, e também no seu local de trabalho. Deste modo, prega o evangelho sem descansar, em qualquer circunstância, até mesmo sozinho. A sua família pertence à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Quando regressa a casa, testifica a verdade entre os membros da sua família, enquanto escutem ou deixem de escutar. Estou profundamente comovido com a paixão que ele tem todos os dias e o seu esforço. Ele é como uma bola de fogo em Sião. Por isso produz fruto continuamente.

No passado mês de novembro, a Mãe abençoou-nos com outra equipa missionária de curto prazo em Portugal. Esta foi a primeira equipa missionária de curto prazo depois de recebermos alguns obreiros locais para o evangelho. Muitos irmãos e irmãs locais participaram na pregação e aprenderam a séria mentalidade e a paixão incansável dos membros da equipa missionária. Até mesmo depois de eles terem partido, os membros locais continuaram a pregar o evangelho quando tinham tempo.

Quando cheguei pela primeira vez a Portugal, não era fácil pregar a palavra de Deus a uma única pessoa. Todavia, agora muitas almas preciosas vieram a Sião através dos membros locais. Especialmente, o membros jovens como o orvalho da alva se levantam e tomam a dianteira da obra do evangelho, de acordo com a profecia da Bíblia. Antes, havia muitos espaços vazios em Sião, mas agora está cheia de membros todos os dias, cheia de energia. Agradeço profundamente ao Pai e à Mãe.


Dos confins do ocidente, aos confins da Terra

No começo do evangelho em Portugal, a minha meta maior era encontrar os membros que seriam levados aos braços da Mãe. Por isso, esperava apenas que mais obreiros do evangelho viessem da Coreia para ajudar-nos com a obra do evangelho. Mas Deus ajudou-me muito a quebrar a minha mentalidade pequena e a ter uma meta maior, de cumprir a evangelização mundial para além da evangelização em Portugal, formando obreiros locais do evangelho ao invés de aguardar que os obreiros viessem.

Em Lisboa, há muitos estrangeiros de países de língua portuguesa. Em Sião, não só há membros portugueses mas também irmãos e irmãs de outros países como Brasil, na América do Sul,, e para além disso alguns africanos como Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Guiné-Bissau, países que eu nunca tinha ouvido falar. Entre os membros jovens, há muitos membros africanos, imigrantes de segunda geração. Se eles forem à sua pátria, o evangelho também se pregará ali.

Cada membro carrega em seu coração um grande sonho pelo evangelho; muitos dos membros da área de jovens querem percorrer o caminho de profeta, e também há muitos irmãos e irmãs que desejam pregar o evangelho em outras regiões. Este também é um sonho que Deus nos tem concedido. Já que temos um sonho, continuamos a avançar, olhando em frente e vencendo todo tipo de dificuldades.

O nosso sonho já está em cumprimento. Em Setembro de 2011, estabeleceu-se uma igreja filial no Porto, a segunda maior cidade de Portugal. Quando chegou uma equipa missionária de curto prazo, no passado mês de novembro, eles pregaram no Porto durante uma semana. Alguns dos membros locais também se uniram a eles e deram fruto, e os que se batizaram naquele momento deram culto, estudando continuamente a palavra de Deus. Agora os nossos irmãos e irmãs de Portugal têm dados os seus primeiros passos rumo ao seu sonho pelo evangelho. Por isso, creio que se eles crescerem como obreiros firmes, o evangelho se expandirá rapidamente a todas as partes de Portugal e a outros países de língua portuguesa em todo o mundo: várias cidades da vasta terra do Brasil e do grande continente africano aonde ainda não chegou a luz do evangelho.

Neste ano novo, quando observo os resultados do ano passado, compreendo que o ano de 2011 foi realmente um ano abençoado para nós. Eu não tinha compreendido isso enquanto me concentrava somente nos resultados de cada dia e cada mês. Ainda que me tivesse esforçado muito durante os anos passados o evangelho não progredia. Em um só ano, porém, o número de membros duplicou repentinamente, e agora o evangelho avança todos os dias. Como Deus prometeu: “A seu tempo farei isso prontamente”, o Pai e a Mãe estão a cumprir o evangelho rapidamente.

Agora sinto que o som dos passos do Pai se ouvem à porta. Quero receber o Pai enquanto trabalhando arduamente. Neste ano esperançoso de 2012, esforçar-me-ei ao máximo por cumprir rapidamente a evangelização mundial, enviando os obreiros do evangelho até aos confins da terra. Amém!
Vídeo de Apresentação da Igreja
CLOSE